Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Informação Pública
Acessibilidade na Web  Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
Home Saiba como se cuidar Doenças de A a Z Ficha

Buscar por:

A Febre do Chikungunya é uma doença causada por um vírus do gênero Alphavirus transmitida por mosquitos do gênero Aedes, sendo Ae. aegypti e Ae. albopictus os principais vetores.


Modo de transmissão

A transmissão se dá pela picada da fêmea do mosquito, durante o repasto sanguíneo.


Sintomas

A doença pode manifestar-se clinicamente de três formas: aguda, subaguda e crônica. Na fase aguda, os sintomas aparecem de forma brusca e compreendem febre alta, cefaleia, mialgia e artralgia (predominantemente nas extremidades e nas grandes articulações). Também é frequente a ocorrência de exantema maculopapular. Os sintomas costumam persistir por 7 a 10 dias, mas a dor nas articulações pode durar meses ou anos e, em certos casos, converter-se em uma dor crônica incapacitante para algumas pessoas.


Aparecimento dos sintomas

O período médio de incubação da doença é de três a sete dias (podendo variar de 1 a 12 dias).


O que fazer em caso de sintomas

Em caso de sintomas, procurar um médico imediatamente.


Prevenção

As medidas de prevenção são voltadas principalmente para a evitar a proliferação dos mosquitos vetores, assim como ocorre na Dengue: eliminar locais que possam acumular água parada, ou seja, os criadouros do mosquito. Não havendo água parada, as fêmeas não têm um local adequado para depositar seus ovos e para que se desenvolvam. Assim a população de mosquitos adultos vai sendo reduzida até não representar mais perigo na transmissão da doença.


Última atualização em: 01 de abril de 2016
Secretaria de saúde
Links interessantes:
PET Rio sem fumo Rio imagem 10 minutos salvam vidas Xô, Zika !!